Psicoterapia

A Psicoterapia pode ser descrita como um processo terapêutico que envolve pelo menos duas pessoas, uma delas o terapeuta (que deverá possuir uma certificação  profissional básica especifica, que em Portugal é necessariamente na área da Psicologia e/ou da Medicina) e a outra o paciente (a pessoa que procura ajuda terapêutica).

Neste processo, o psicoterapeuta ajuda o cliente a atingir determinados objectivos, através da utilização de princípios e técnicas que se baseiam nos princípios da ciência Psicológica.

Existe uma grande diversidade de modelos psicoterapêuticos, que variam entre si no entendimento do porquê dos problemas, na proposta terapêutica, na duração proposta do tratamento e até na postura que terapeuta e paciente deverão assumir.

As abordagens Ericksonianas caracterizam-se  por uma flexibilidade na forma como o paciente e o problema são abordados, dado que se entende  o cliente como uma pessoa com recursos e capacidades de resolução de problemas que podem ser activados e potenciados através  de várias técnicas psicoterapêuticas (sendo a hipnose clínica sendo uma dessas técnicas, mas não a única).

A psicoterapia Ericksoniana é focada no sintoma e nos objectivos a atingir, que são previamente definidos pelo e com o paciente. Por esse motivo é tendencialmente uma terapia breve e de cariz experiencial.

Se está a considerar fazer psicoterapia solicite as credenciais ao profissional que está a consultar. Assegure-se que este é psicólogo ou médico de formação base e que possui formação pós graduada em psicoterapias, psicologia clínica e/ou da saúde ou psiquiatria.

Proteja a sua saúde. Não aceite ser tratado por leigos (pessoas sem formação básica em saúde).

Para informações sobre Cursos de Formação em Hipnose Clínica e Psicoterapia Ericksoniana clique aqui.

Para informações sobre Consultas clique aqui.